músicas

Published on maio 16th, 2015 | by Melqui Oliveira

Morre B.B. King aos 89. Conheça sua passagem pelo gospel

Qualquer pessoa familiarizada com o arco da jornada de BB para fora dos campos de algodão da Delta em seu caminho para aclamação mundial pode facilmente assinalar fora as influências variadas que absorvida e re-imaginado em seu próprio estilo. O primeiro nível destes incluído Blind Lemon Jefferson, Lonnie Johnson, T-Bone Walker, Louis Jordan, Doutor Clayton, Charlie Christian, e seu primo Bukka White. Mas antes de todas essas havia o gospel, a partir do momento em que o Reverendo Archie Fair da igreja “Church of God in Christ” veio para casa dos Kings ‘para jantar em um domingo à tarde trazendo com ele sua guitarra Sears Silvertone de confiança, que ele usou para ajudar a incrementar suas mensagens semanais para o rebanho. Rev Fair ensinou a Riley seus primeiros acordes e disse ao rapaz: “A guitarra é um instrumento precioso. É uma outra maneira de expressar o amor de Deus “.

BB, que se orgulhava de ser conhecido como um” menino igreja “, prometeu que a missão da sua vida seria a de tomar a palavra do Senhor para as massas como uma guitarra-playing próprio pregador. Suas primeiras apresentações públicas foram como um membro dos Cantores Elkhorn Jubileu, um quarteto gospel ele formou com um primo e dois outros amigos. Mais tarde, ele fez uma facada mais sério em ganhar a vida fora do gospel com os cantores famosos St John Gospel Singers.

Como muitos músicos do sul dos Estados Unidos, B.B. King aperfeiçoou sua técnica musical tocando em igrejas, mas em 1947 ele tomou o rumo de Memphis, tocando na rua em troca de gorjetas até conseguir um emprego como disc-jóquei na estação de rádio WDIA.

Seu pseudônimo surgiria de uma mistura de seu nome real com o apelido Beale Street Blues Boy, que faz referência à uma famosa rua boêmia de Memphis. Mas sua reputação como guitarrista também cresceu no circuito da bares de blues da cidade.
Foi num desses shows que B.B. King por pouco não morreu, durante um incêndio causado por um briga de bar: ele voltou para dentro do prédio em chamas quando percebeu que tinha deixado por lá sua guitarra Gibson L-30. O instrumento depois foi rebatizado com o nome da mulher que tinha sido o pivô da confusão, Lucille.

O guitarrista e cantor americano B.B.King, considerado o “Rei do Blues”, morreu aos 89 anos em Las Vegas, nos Estados Unidos, segundo seu advogado.
Conhecido por seus hits Lucile, Sweet Black Angel e Rock Me Baby, morreu enquanto dormia.
Ele havia sido hospitalizado recentemente para tratar complicações decorrentes de diabetes.
Nascido no Mississippi, e ex-agricultor, King começou a se apresentar como músico nos anos 1940. Sua fama o levou a ter seu nome inscrito no Blues Foundation Hall of Fame e no Rock and Roll Hall of Fame.

Tags: , ,


About the Author

Publicitário, diretor de arte, artista plástico e baterista da Occult Garden. Manager da Rhythm Rock Store e Sete Merch, co-produtor da Templo Metal Pocket e colaborador no templometal.com. Nesses últimos anos pude ver a apresentação do Dream Theater com a formação de 1999 no Brasil.



Back to Top ↑
  • Podcast
    Shows e Eventos
    Cultos Online
    Moda Rock
    Tattoo
    imoralidade sexual
    Doações
    Loja metal cristão